6 Problemas de Giro de Estoque e suas Soluções

O índice de giro de estoque é a métrica de negócios que informa o quão saudável é um negócio com relação a seus produtos. Ele leva em consideração não apenas a quantidade de estoque que a empresa vende, mas também a eficiência da cadeia de suprimentos, o fluxo de caixa, a lucratividade e a eficácia de seus esforços de controle e gerenciamento do estoque. Calcular a taxa de rotatividade de estoque é semelhante a um médico medindo a temperatura de um paciente. Uma proporção insalubre, assim como uma alta temperatura, é um sinal infalível de um problema.

Mas identificar a existência de um problema é apenas metade da batalha. Para fazer bom uso dessa métrica vital, não é necessário apenas saber como calcular a taxa de rotatividade de estoque – é preciso saber como melhorá-la.

O que é giro de estoque?

Referido como giro de estoque, este é medido pelo número de vezes que um determinado produto é vendido em um único ano. Ao calcular o giro do estoque, uma empresa terá uma ideia melhor do desempenho geral e da lucratividade.

Também pode ser feito em outras linhas do tempo (bianual, trimestral, mensal etc.). Usar períodos de tempo mais curtos em seus cálculos pode ser útil para a avaliação sazonal. Apenas é necessário ter certeza de usar o mesmo período de tempo para todos os cálculos.

O giro de estoque é uma proporção crítica que os varejistas podem usar para garantir que estejam gerenciando bem o estoque e a cadeia de suprimentos de sua loja. É um dos indicadores cruciais usados ​​para medir o desempenho geral do seu negócio.

A maioria dos pequenos varejistas não fica entusiasmada quando descobre que tem excesso de estoque. Custos de armazenamento, seguro, danos, obsolescência, impostos e juros de empréstimos podem somar quase 30% do custo de estoque anualmente! Esses custos só continuarão a aumentar à medida que os números de estoque em excesso aumentarem. É por isso que a gestão de estoque é um dos melhores investimentos que se pode fazer para um supermercado.

Ao eliminar o excesso de estoque por meio do gerenciamento de estoque, um supermercado funciona melhor do que nunca. Então, por que o giro de estoque é crucial para esse processo? Veja alguns dos problemas que podem ser enfrentados no giro de mercadorias.

Tipos de problemas de giro de estoque 

1. Problemas de sazonalidade

Existem alguns itens que têm demandas maiores dependendo da época do ano. Por isso, entender a demanda de itens ao longo do ano é essencial para a gestão do estoque. Utilizar tendências de dados anteriores para rastrear os padrões de demanda dos itens é fundamental. Quando chegar a hora de calcular o giro de estoque, a proporção pode ser afetada pela demanda sazonal. A época do ano em que se analisam os números influenciará como se analisa a taxa de giro de estoque.

2. Itens de alto custo e movimento lento

Esses itens de alto custo em um supermercado tendem a ficar parados por um longo tempo até que o comprador certo finalmente entre pela porta. Itens que ficam assim significam que o capital de giro está comprometido, muitas vezes afetando negativamente a taxa de rotatividade de estoque.

Cada supermercado é configurado de forma diferente; no entanto, se for possível encomendar rapidamente esses itens de alto custo quando necessário será possível evitar a responsabilidade de mantê-los por longos períodos de tempo. Também será evitado o risco de um item de alto custo se tornar obsoleto.

3. Pedidos em excesso

O excesso de estoque pode causar alguns problemas importantes. Esse problema geralmente ocorre quando as empresas compram muitos itens a granel. Com o tempo, isso pode fazer com que a taxa de rotatividade de estoque fique muito baixa. Em outras palavras, todo o capital está vinculado ao estoque e pode levar muito tempo para recuperar os lucros adequados para manter uma loja funcionando.

A ideia aqui é reduzir ao máximo os custos de transporte. Evitar comprar a granel apenas para receber um desconto. Embora esses descontos possam ser atraentes, eles podem levar a problemas na forma de excesso de estoque. Dê uma olhada em nosso artigo sobre gestão de estoque.

4. Dados de inventário imprecisos ou ausentes

Tudo o que estamos falando neste artigo gira em torno de dados de inventário. Se os números do seu estoque forem muitas vezes imprecisos ou até mesmo completamente ausentes às vezes, não será possível avaliar adequadamente a situação do seu estoque.

É importante investir em software de gestão de estoque. Não é mais recomendado o rastreamento de estoque em papel e caneta. É importante utilizar a tecnologia atual com software que rastreia e faz backup dos dados para garantir que os números corretos necessários para calcular uma taxa de giro de estoque esteja precisa.

5. Estoque parado

Nós tocamos nisso um pouco antes, mas vale a pena mergulhar um pouco mais. Estoque parado são os itens que se tornaram completamente obsoletos. Há uma série de razões pelas quais isso pode acontecer. Eles podem sair de moda, fora de época, ou de alguma forma se tornarem completamente irrelevantes. Se um item estiver na prateleira por 12 ou mais meses, geralmente é declarado morto.

A ideia é não se deter em tendências temporárias. Só porque um item está quente agora, não significa que estará quente para sempre. É importante não errar na hora de comprar muitos desses itens no caso de sua popularidade eventualmente se dissipar. Também ajuda a analisar os relatórios de vendas de itens específicos antes de comprá-los, para que se possa ter uma ideia do desempenho deles. Também é uma estratégia promover os produtos com baixa rotatividade através de descontos e promoções.

6. Ineficiência na segurança

O controle do depósito onde fica o estoque é importante para que não haja roubos, ocasionando rupturas. Por isso, o controle através de câmeras pode ser de grande ajuda. é importante a prevenção quando se trata de segurança.

Conclusão

Utilizar o giro de estoque é uma ótima ferramenta para garantir que se permaneça no caminho certo com os objetivos. Se algum dos problemas mencionados acima parecer familiar, reserve algum tempo para resolvê-los implementando uma das soluções que descrevemos. Ao fazer isso, você está criando um melhor plano de gerenciamento de estoque que colocará seu supermercado em uma posição financeira estável que pode levar a melhores lucros.

Meta

O giro de estoque é uma métrica que informa o quão saudável é um negócio com relação a seus produtos. Para fazer bom uso desse índice, não é necessário apenas saber como calculá-la, é preciso saber como melhorá-la.

Últimos posts