Liderança: é possível aprender essa habilidade?

“Liderança é sobre fazer os outros se sentirem bem na sua presença e garantir que esse impacto dure na sua ausência.” –  Sheryl Sandberg, Diretora de Operações do Facebook.


Sabemos que os bons resultados de uma empresa estão diretamente ligados às suas lideranças. Um bom líder deve saber guiar, ouvir, aprender e ensinar, sempre direcionando seu time através do exemplo.

Mas afinal, liderança é uma habilidade nata ou pode ser desenvolvida?

Embora grandes líderes nunca tenham feito cursos ou recebido orientações para obter os resultados, podemos dizer que desenvolver essa habilidade é possível e aliás, é recomendado.

E quando o ramo do negócio é supermercado (mercado, mercadinho, atacado…) a liderança é um assunto sempre em alta uma vez que esse ramo costuma lidar com equipes grandes e alta rotatividade.

Um líder deve, essencialmente, ter capacidade para:

  • Trabalhar em equipe;
  • Influenciar outras pessoas;
  • Administrar conflitos;
  • Se comunicar bem;
  • Desafiar a motivar

1. Trabalhar em equipe

“Nenhum homem será um grande líder se quiser fazer tudo sozinho ou se quiser levar todo o crédito por fazer isso.” Andrew Carnegie

Quando maior for a equipe que você lidera, mais pessoas com pensamentos e personalidades diferentes farão parte dela. Por isso, é importante saber lidar com a diversidade de ideias e comportamentos e aceitar simplesmente que algumas pessoas desenvolverão suas atividades de forma diferente do que você faria. Tenha em mente que na posição de líder você terá que guiar sua equipe constantemente, orientando-a aos melhores resultados. Por isso, defina bem as metas de acordo com a realidade e faça com que todos saibam quais são. Comemore os resultados, mesmo que pequenos, e saiba orientar com sabedoria quando alguma coisa não está caminhando como deveria.

Um bom líder deve saber delegar, mas nunca tomar o mérito dos resultados somente para si. Ao delegar, você pode aproveitar para mostrar ao trabalhador o quanto confia na capacidade dele para realizar determinada tarefa, contribuindo para o sucesso coletivo.

2.Influenciar outras pessoas

A principal diferença de um chefe para um líder é que enquanto o primeiro apenas manda fazer com autoridade e pouca empatia, o segundo incentiva, orienta, assume responsabilidades e acompanha a equipe. E é dessa forma, participando, que o líder conseguirá contagiar e inspirar seus liderados a ponto de fazê-los caminharem na mesma direção.

Atue de forma honesta, cumpra suas promessas e nunca perca os objetivos e metas de vista. Dessa forma você construirá uma relação de confiança com o seu time que não hesitará em segui-lo na busca pelos melhores resultados.

3.Administrar conflitos

Onde há pessoas reunidas, há conflitos. Saber ouvir e sentir o clima no ambiente de trabalho é um processo importante para manter a produtividade e conquistar bons resultados. Quando acontecer algum problema, antes de tomar uma decisão, procure entender a visão dos envolvidos, sem julgamento ou críticas. Somente depois disso decida por orientar, esclarecer, chamar atenção ou mesmo desligar o trabalhador, caso realmente precise. Muitas atitudes injustas são tomadas enquanto o líder está de “cabeça quente”. Inclusive, saiba admitir que estava errado e pedir desculpas quando necessário.

O líder é visto com a pessoa que vai resolver os problemas, portanto, quando alguém da sua equipe reportar alguma situação que necessite de ajuda para ser resolvida, não hesite em ajudar. Mantenha a calma e a imparcialidade diante dos fatos e procure entender a situação como uma forma de aprendizado e também para que não volte a se repetir.

4.Se comunicar bem

Comunicar bem não é apenas compartilhar uma informação. É garantir que ela chegue ao público-alvo e que seja entendida por completo. Antes de passar uma informação questione-se: você entenderia a mensagem que está tentando passar? Exercitar a capacidade de tornar as coisas claras e diretas, sem rodeios ou palavras difíceis, é muito importante.

Para a liderança, vale sempre aquela máxima: elogie em público e corrija em particular. Uma boa comunicação é repleta de empatia, respeito e educação, afinal ninguém gosta de ser criticado, ainda mais diante de outras pessoas. Caso precise chamar a atenção para algo mais sério, fale de forma firme, mas sem ser ameaçador ou impositivo.  Um bom líder conquista pelo exemplo e os feedbacks são fundamentais para ajudar a desenvolver os talentos profissionais.

E, por fim, comunique! Manter seus liderados informados de tudo o que ocorre no ambiente de trabalho é uma forma de manter a transparência e conquistar ainda mais engajamento da equipe. Além disso, a comunicação ativa evita boatos, mal-entendidos e desconfianças.

5.Desafiar e motivar

Um bom líder é sensível e atento e consegue enxergar as melhores qualidades de cada integrante da equipe. Ao mesmo tempo em que precisa dar segurança aos liderados, o líder precisa manter o brilho nos olhos e motivar sua equipe desafiando-os a doarem o melhor de si. Muitas pessoas não possuem consciência do próprio potencial, por isso, cabe ao líder observar e ajudar a “lapidar” esse talento que certamente somará muito à equipe.

Um bom líder não tem todas as respostas na ponta da língua, pelo contrário, ele instiga a equipe a pensar nas melhores soluções, mas precisa estar pronto caso seja necessário interferir no processo para replanejar as rotas em busca dos objetivos.

Todos os trabalhos são desafiadores, alguns mais que outros. Por isso, é essencial que o líder mantenha a postura serena e confiante diante dos obstáculos, para inspirar sua equipe e mantê-la motivada e consciente da capacidade de realização.

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Últimos posts